marketing digital, teclado, compras

Marketing digital para E-commerce: o que você precisa entender?

 

Graças à internet ficou muito mais fácil realizar compras online e ainda recebê-las em casa. Ir até um estabelecimento comercial ou ficar procurando os melhores preços em “milhares” de lojas é algo que está ficando cada vez mais distante da realidade. Em outras palavras, a internet inovou a forma do consumidor fazer compras.

Contudo, como as compras virtuais vêm crescendo a cada dia que passa, a sua empresa precisa se destacar no mundo online e “vencer” as suas concorrentes. Por isso, existe o marketing digital para o e-commerce. Ele nada mais é do que um conjunto de estratégias que tem como objetivo relacionar o cliente com a marca, engajá-lo e ainda fazer com que ele efetive a compra.

Entenda o essencial sobre o marketing online para o comércio eletrônico e como ele irá ajudar a sua empresa, independentemente de seu tamanho, a alavancar as vendas.

Vantagens do marketing digital para o e-commerce

Antes de mais nada é importantíssimo saber que ele possibilita que a empresa tenha várias informações de seu cliente. Isso é ótimo, pois a partir dessas informações é mais fácil direcionar os seus produtos e/ou serviços para o seu público. Sendo assim, é possível deixar mais personalizado. Outras vantagens do marketing do mundo digital são:

  • Atrair mais pessoas para conhecer a sua loja online;
  • Alavancar as vendas;
  • Elevar o engajamento;
  • Criar relacionamentos diferenciados com os consumidores;
  • Direcionar os seus produtos e serviços para um público específico;
  • Poder medir os resultados das ações realizadas.

Essas são algumas vantagens que a empresa tem ao utilizar as estratégias de marketing online voltadas para o comércio eletrônico.

Dados

Para reafirmar a importância do marketing digital para o e-commerce, confira alguns dados que mostram a sua realidade:

  • 94% dos internautas realizam compras virtuais no Brasil. Fonte: ComScore;

  • 61% dos consumidores que realizam compras virtuais são de classes A e B. Fonte: Ibope Mídia;

  • 87% dos brasileiros estão presentes nas redes sociais;

  • 71% dos consumidores online já realizaram alguma compra após receberem um e-mail marketing. Fonte: Dinamize

Então, vamos às estratégias?

Planejamento

No caso do e-commerce também é importante definir ações e objetivos para poder alcançá-los. Para isso, é necessário realizar um calendário de divulgações de produtos ou promoções, um plano de negócios, entre outros. Tudo isso baseado no perfil do público que se pretende atingir.

Valorização do produto

No caso do comércio eletrônico a valorização do produto é tudo. As fotos precisam ser de qualidade e o produto precisa ser mostrado de todos os ângulos. Além disso, a descrição do produto com as suas características também precisa ser completa. É necessário ter o máximo de informações possíveis para que o consumidor não precise tirar tantas dúvidas.

Marketing de conteúdo

O marketing de conteúdo é um grande aliado. Como ele pode ser utilizado no comércio eletrônico? Tanto na descrição dos produtos (aplicado nas estratégias de SEO) quanto através de um blog que atraia os visitantes para a loja virtual. O objetivo é transformar os visitantes em clientes.

Redes sociais

As redes sociais são uma excelente estratégia para fazer com que o público interaja com a página da marca. Dessa forma, a página pode redirecioná-lo a loja virtual da empresa.

Mundo mobile

Os smartphones são uma realidade cada vez mais comum nas nossas vidas. Portanto, muitas pessoas fazem compras a partir deles. Sendo assim, é importante ter um site que seja responsivo, ou seja, que se adeque a qualquer aparelho, fazendo com que o layout da loja virtual fique mais acessível em qualquer dispositivo móvel.

Mensuração de resultados

A partir dessas estratégias será possível ver bons resultados nas vendas. Logo, também será possível mensurar esses resultados e adequar as futuras ações de acordo com eles. Antes que você vire o meme abaixo:

marketing digital para o e-commerce

Vale lembrar que antes de qualquer ação ser botada em prática, é necessário conversar e consultar profissionais da área. Como eles são especialistas, saberão como elas deverão ser aplicadas em cada situação e empresa. Agora um tópico importante também: site responsivo

O poder de um site responsivo

Você sabe o que é um site responsivo? É um website desenvolvido para ser visualizado em qualquer tipo de tela: computador, celular, tablet e até TV em alguns casos. Logo, quando esse site é visualizado em dispositivos menores, por exemplo, o layout do site se adequa de acordo com o tamanho do aparelho. Dessa forma, não há distorção de textos, imagens e vídeos.

É extremamente desconfortável navegar em um site não responsivo em um smartphone, um dispositivo com tela menor. O usuário precisa aumentar ou diminuir a página para conseguir ver todo o conteúdo ou clicar em alguma função. Devido a limitação na navegação, esse tipo de problema pode afastar clientes, logo, acaba afetando as vendas. Sendo assim, um website responsivo é fundamental para as vendas de e-commerce.

Além disso, recentemente o Google fez alterações no algoritmo das suas buscas. Portanto, os sites precisam se adequar transformando o seu design em responsivo. É claro que o comércio eletrônico também não pode ficar de fora.

Saiba mais sobre a importância de websites responsivos para alavancar as vendas em comércio eletrônico.

Dados

Você sabia que no final do ano de 2016 62% das buscas no Google eram realizadas em tablets ou smartphones?

Quem descobriu esse número foi o Consumer Barometer. Achou esse número alto? Então, se liga em mais dados para ver como o uso mobile aumentou nos últimos anos:

  • Teve 15% de crescimento de acesso em celulares, ou seja, 5% a mais do que o acesso através de computadores;
  • Teve um crescimento maior que 100% (115%) de usuários que visitam páginas e lojas virtuais através de dispositivos móveis;
  • Atualmente 15% da população realiza compras através de aparelhos mobile. Esse número só tende a crescer nos próximos anos;
  • Sabia que os usuários que compram ingressos para shows e eventos de entretenimento em smartphones chega a quase 50%?
  • Um smartphone fica em torno de 1/3 do dia, ou seja, 8 horas nas mãos dos usuários.

Características

Está na hora de conhecer o verdadeiro poder de um site responsivo. Sendo assim, confira as suas características:

  • Carregamento rápido: Essa é uma característica bastante importante nesse tipo de site. Já que ele consegue se adaptar, também consegue carregar mais rápido;
  • Buscas online: O Google já anunciou que sites não responsivos não irão mais aparecer nas buscas realizadas em dispositivos móveis. Logo, um site que é responsivo terá muito mais destaque nas buscas;
  • E os modelos de aparelhos que ainda serão lançados: O site que é responsivo se adapta a qualquer modelo, até aos que serão lançados. Isso acontece, pois ele foi programado para se adequar a qualquer tela mesmo;
  • Atualizações automaticamente: Não precisa se preocupar em colocar conteúdo novo no site, o site irá se atualizar sem perder a qualidade e a adaptação.

Equipe especializada

É importante ressaltar que para criar um site que seja responsivo e voltado para o e-commerce é necessário consultar a contratar profissionais especializados no assuntos. A partir dos objetivos que deseja atingir e as necessidades que está enfrentando com a empresa, eles irão direcionar o seu site para o público certo. Logo, o tráfego será elevado e consequentemente as vendas também. Por isso, não deixe de consultar uma equipe especializada e capacitada.

O uso da internet e as compras online tendem a crescer cada vez mais nos próximos anos. Por isso, se destaca quem apresenta um layout simples, leve e que se adéqua a qualquer dispositivo.

Viu como o site responsivo possui um grande poder quando o assunto é marketing digital para o e-commerce? Com certeza ele é indispensável. Afinal, o objetivo é atrair clientes e não afastá-los devido a limitações na navegação.

Gostou desse conteúdo? Tenho uma recomendação para você que vai te ajudar a ter uma boa noção de como implantar um bom marketing na sua loja, baixe nosso e-book sobre esse método.

Como agregar valor ao produto ou serviço no universo digital

 

Deixe um Comentário

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *